Vivência _ateliê Bela vista

 

O nosso segundo encontro aconteceu no bairro da Bela Vista, no ateliê d’O ESTÚDIO SEM NOME (um laboratório colaborativo de investigação de resíduo têxtil. Unindo designers e artesãos na criação de (re)produto). Nesse dia, estávamos apenas em três pessoas, mas os encontros sempre irão acontecer independentemente do número de pessoas presentes no dia, porque é importante avançar sem cessar.
A programação da vivência esse dia aconteceu da seguinte forma: fizemos um relaxamento de 10 minutos para acalmar os estímulos mentais acumulados durante o dia e também para firmar a atenção nas atividades propostas. Sim, porque a atenção é a chave para a transformação. Depois, a proposta do primeiro desenho era fazermos retratos em duplas, mas o desafio dessa vez era fazer esse desenho com a boca, uma parte do corpo totalmente desconhecida quando se fala em desenho, e durante o processo, manter a atenção na dinâmica mental. A segunda atividade era criar um desenho de memória ligado à infância, com a mão esquerda, e tentar buscar nas lembranças momentos nostálgicos que marcaram esse momento da vida, traduzindo-os em desenho.
Por fim, tivemos uma atividade com modelo vivo, mas não nu e sim performático. Guilherme Barros, um dos participantes do grupo, sempre foi polivalente no que diz respeito a artes e expressões. Dono de um acervo pessoal muito autêntico e colorido, Guilherme escolheu algumas peças e montou um look incrível, e depois desfilou e posou para nós.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s